Deputado Nereu Crispim acompanha posse de novo gestor do Ministério da Educação

Professor Carlos Alberto Dacotelli com o Deputado Nereu Crispim

O Deputado Federal Nereu Crispim (PSL/RS) esteve a convite do Ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, na cerimônia de posse do novo presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), professor Carlos Alberto Decotelli, nesta quinta-feira (21).

Com mais de 40 anos de expertise na área de finanças, administração e educação, o novo presidente destaca que vai priorizar a atuação da autarquia como um gestor estratégico de recursos para a educação no Brasil. Na nova gestão, Decotelli também reitera a importância do respeito ao uso dos recursos públicos com processos mais transparentes à sociedade brasileira: “A proposta é que o FNDE mude a sua atuação de agente repassador para cooperador na formulação estratégica da gestão dos recursos públicos destinados à educação, maximizando potencialidades, adequações e responsabilidades na implementação dos programas já identificados pela sociedade brasileira como vitais ao crescimento humano, desenvolvimento intelectual e mobilidade entre escola e residência dos brasileiros.”

 

Ministro Ricardo Vélez Rodríguez com o novo Presidente do FNE Carlos Alberto Dacotelli

 

Durante a solenidade, o Ministro da Educação Ricardo Vélez Rodríguez destacou que o FNDE deve ter uma função pedagógica na gestão dos recursos e investimentos para a educação brasileira. “O Fundo não é somente um agente repassador, mas um instrumento cooperador estratégico para o financiamento e desenvolvimento da educação no país”, disse. “A gestão de Decotelli será uma gestão como professor, no sentido de ensinar a gerir melhor nossos recursos a serviço da sociedade.”

 

 

Para o Deputado Nereu Crispim, “a educação é a grande chave de transformação da história de uma nação. O Presidente Jair Messias Bolsonaro está comprometido com o Ministro da Educação em investir na qualificação do ensino básico e na valorização dos professores para a formação de cidadãos conscientes para o país e profissionais competentes para o mercado.”

 

*Notícia produzida em parceria com a Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Educação

 

 

Você também poderá gostar...