Deputado Nereu Crispim participa de Audiência Pública com o Ministro de Minas e Energia Bento Albuquerque

O Deputado Federal Nereu Crispim, como membro titular da Comissão de Minas e Energia da Câmara, esteve na Audiência Pública com o Ministro Bento Albuquerque nesta quarta-feira (27).

Foto: Bruno Peres/Lid. PSL.

O ministro fez longa explanação sobre todas as áreas de atuação do Ministério de Minas e Energia como petróleo e gás, biocombustíveis, energia elétrica e mineração. Bento Albuquerque também falou das ações consideradas prioritárias, hoje implementadas e em andamento, que envolvem a programação dos leilões de energia, de petróleo e gás, fiscalização de todas as barragens de minério, a retomada da usina nuclear de Angra 3, a capitalização da Eletrobras, a renegociação financeira do Tratado de Itaipu e a construção do Linhão de Tucuruí, que liga Manaus a Boa Vista e que tem como objetivo incluir Roraima no Sistema Interligado Nacional (SIN).

Foto: Bruno Peres/Lid. PSL.

Em sua exposição, Bento Albuquerque citou estatísticas econômicas de investimentos previstos para o setor energético, que hoje corresponde a 1/3 do PIB brasileiro, e nos quais serão investidos R$ 1,5 trilhão até 2027. Para o setor de mineração, até 2022, a expectativa é de R$ 400 bilhões de investimentos.

O ministro falou sobre a importância das fontes renováveis na matriz energética brasileira, para ele, motivo de orgulho pois representa hoje 44% do total da matriz, em comparação a outros lugares no mundo que chega a no máximo 14%.

Foto: Saulo Cruz/MME

“Temos como desafio promover a expansão da matriz energética brasileira pois o custo da nossa energia é três vezes maior do que a energia nos EUA. A nossa energia hoje é cara e pode comprometer o nosso desenvolvimento. Temos esse desafio permanente, que é buscar a justeza tarifária”, destacou o ministro.

“Precisamos fortalecer os pilares da nossa administração. Aumentar a governança, aperfeiçoar a estabilidade regulatória e jurídica para proporcionar previsibilidade”, enfatizou Bento Albuquerque.

Após concluir sua exposição, o ministro respondeu a dezenas de questionamentos feitos pelos deputados presentes à Audiência Pública. Foram mais de quatro horas e meia de permanência na Comissão de Minas e Energia, ocasião na qual o ministro fez sua apresentação e esclareceu dúvidas, se comprometendo a avaliar as sugestões apresentadas e aguardando novo convite para retornar, sempre que preciso, àquela comissão. “Estarei presente sempre que for convidado e entendo que assim nosso trabalho será muito mais fácil se tivermos esse diálogo permanente do Ministério de Minas e Energia com a Comissão de Energia desta Casa”, concluiu Bento Albuquerque.

Foto: Bruno Peres/Lid. PSL.

 

Com informações do Ministério de Minas e Energia