Deputado Nereu Crispim participa do evento de ampliação do projeto Recomeçar, em Canoas

Projeto da Prefeitura de Canoas visa à ressocialização de apenados através de trabalhos ao município

Foto: Vinicius Thormann

O prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato, assinou nesta quinta-feira (28) o convênio com o governo do Estado do Rio Grande do Sul que amplia o número de apenados participantes do programa Recomeçar. O projeto de ressocialização dos detentos em regime semiaberto e aberto (que utilizam tornozeleira eletrônica) terá a inclusão de mais 100 apenados, para trabalharem em áreas públicas da cidade, além dos 80 que atualmente já prestam os serviços. A assinatura ocorreu durante um ato na Praça da Emancipação, em Canoas, com a presença do Governador Eduardo Leite e do Deputado Federal Nereu Crispim, entre outras autoridades.

Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini

O governador Leite explicou que, uma vez que os presidiários, ao fim do tempo de punição, retornarão à convivência em sociedade, é responsabilidade de todos reabilitá-los a esse convívio. “Quando alguém comete um delito, o erro é individual, mas a falha é coletiva”, ponderou. Destacando o compromisso do Estado em promover a ressocialização, o governador parabenizou a iniciativa de Canoas e ressaltou que o modelo deverá ser levado a outras cidades.

O prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato, detalhou que, além de reparos em praças, escolas e vias públicas, os apenados também confeccionarão, em um segundo momento, roupas de cama e uniformes escolares. A interação com a sociedade tem transcorrido sem qualquer transtorno, relatou o prefeito.

Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini

 

Com informações da Prefeitura Municipal de Canoas e do Governo do Estado do Rio Grande do Sul

Você pode gostar...