Justiça Federal cobra explicações sobre reajuste dos combustíveis

A Justiça Federal deu um prazo de 72 horas para o governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) explicar o aumento do preço de combustível, anunciado pela Petrobras nesta quinta-feira, 10. Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Caminhoneiros Autônomos e Celetistas pede a imediata suspensão do reajuste no preço dos produtos. Para falar sobre o assunto, o deputado federal Nereu Crispim concede entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã.

Você pode gostar...